sábado, 12 de abril de 2008

Vídeo da Reportagem

A reportagem encontra-se no seguinte site:

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=339343&tema=27

28 comentários:

Andre Matos disse...

Eu acho que voces devem continuar com este projecto porque é mt interessante...
BoA $oRte com este projecto

Isabel disse...

a reportagens está mt boa
espero que tenham muita sorte!!
Parabens tb a escola por ter aceitado a iniciativa...continuem

Andreia Vitorino disse...

Gostei muito da reportagem...
já conhecia, ou tinha uma pequena ideia do que se passava nesta escola (já lá fui aluna).
lembro me desta rapariga e de ver o quanto a destratavam!
Mas tb me lembro que não eram alunos mais velhos ( como acontece muitas vezes) mas sim alguns da mesma turma ou do mesmo ano.
Parabens á aluna e a todos os seus colegas que a ajudaram a levar este projecto por diante!
E tb muitos parabens à professora catarina por incentivar os alunos e os ajudar nestas nobres iniciativas!!Continuem não deixe estes casos passar em branco...

Anónimo disse...

ola se possivel gostava de ver a minha musica postada no vosso blog pois acho que ira estar nolocal indicado

http://br.youtube.com/watch?v=wAp2Y3nIGTA

canetasqfalam - gaiashopping disse...

Parabéns.

Como o trabalho feito por vocês merece toda a nossa admiração uma vez partilharem um dos nossos pontos de vista que é a liberdade de expressão, vimos deste meio contribuir com Notícia e um Link Permanente do vosso Blog, no nosso espaço de Internet com [SITE / BLOG], para uma maior divulgação do vosso trabalho...

Da nossa parte Parabéns !!!!!!
E continuem, pois este deve ser o 1º Blog sobre Bullying no nosso País.


http://canetasqfalam.blogspot.com/2008/04/reportagem-rtp-sem-bullying-em.html


A equipa

admin@canetasqfalam.com
CANETASQFALAM.COM

ALLESSA disse...

Bem, como muitos portugueses, vi a reportagem na rtp1, e vi o site do blog.

Primeiro deixa-me que te diga que tiveste uma imensa coragem em denunciar o caso e em dares a cara para todo o Portugal (refiro-me evidentemente a quem sofreu deste abuso e desta falta de respeito).

Depois, acho interessantissimo a turma ter trabalhado neste projecto, ainda que alguns tenham sido como disseram, "obrigados". Mas é também assim que se aprende, e este é um projecto bastante educativo.

Mais interessante ainda foi esta entrada no mundo bloguistico, o qual eu, pessoalmente, adoro!

Muitos parabéns também à professora pela forma como abordou a situação e pela boa maneira de ter lidado com isto.

Desejo-vos as maiores felicidades e um bom ano lectivo, um bom final de projecto! Pensem assim em fazer uma exposiçao oral a varias turmas da escola.. seria interessante!

E a ti, muita força e muita coragem!! O meu bloque fica aqui podes comentar sempre que quizeres e precisares de falar!

Anónimo disse...

So bullying. Este é o crime. Todos dias. Sinceramente

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

continuem com o projecto no ambito da disciplina de area de projecto estou a trabalhar o tema bullying que infelizmente é muito actual. com a publicação do vosso site na rtp lembrei-me de o vir visitar e consegui tirar a historia que me interessava e assim o meu trabalho ficou mais completo com a mesma.

Vítor Ramalho disse...

Parabéns pela coragem.
“Em tempos de mentira universal, dizer a verdade é um acto revolucionário.”

boralá disse...

não liguem às críticas (sobretudo das que são provocadas pela inveja e pela única vontade de vos fazer parar)... força com o projecto!!! É c aso para dizer "turma unida, jamais será vencida!"

gostei mto da reportagem que vi, aqui, desde Berlin... Sehr gut!!!!!

H disse...

Uma excelente iniciativa! Parabéns! Deixei referência no meu mal frequentado blogue!

Anónimo disse...

Em primeiro lugar quero dizer que me deixa feliz o facto desta brilhante iniciativa ter partido de alunos e professores da escola onde estudei e também onde trabalhei. E por isso dou-vos os meus enormes Parabéns!!! Dou um beijinho muito grande à aluna que teve a coragem de contar a sua história. Quero também dizer-lhe que é uma rapariga muito bonita e com uns lindos olhos. E provavelmente com muitas outras qualidades.
Nem ela nem ninguém na situação dela deve ter medo ou vergonha de contar o que se passa. Vergonha deviam ter os agressores, não os agredidos.
As escolas deviam ter psicólogos, para acompanharem/apoiarem ambos. A vítima porque, esta pode ficar com traumas e problemas psicológicos irreversíveis. O agressor também deve ser acompanhado. O facto de praticar o mal, de agredir, de fazer alguém sentir-se mal, só significa que a sua mente está doente, usa a violência como uma forma de se sentir superior, de levantar a sua própria auto-estima.
Desejo que esta iniciativa venha resolver muitos problemas nas escolas, tanto ao bully (o agressor) como à bullying (vítima).
Desejo-vos muito sucesso e felicidades.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

mas quem é aquele joão que aparece na reportagem e que se sai com uma resposta daquelas??? foste obrigado??? és triste... aprende a comportar-t e a ser útil para a sociedade.... e quando o conseguires, aprende a orgulhar-t disso!

parabens inês... força! se fossem todos como tu, isto não estava como está! beijo

Anónimo disse...

Começo por desejar que a Inês consiga alcançar a realização pessoal e academica que como deseja.
Conheço bem a Inês bem como os causadores de tanto sofrimento. A Inês foi soft na sua mensagem, pois os agressores, durante o 1º e parte do 2º período, foram demasiado cruéis e continuam impunes a causar sofrimento a outros alunos.
É demasiada hipocrisia, mesmo neste nível etário, aparecerem na reportagem alunos que revelam, diariamente, má formação, como se fossem bons colegas... a aluna foi obrigada a mudar de turma por causa desses "colegas".
É provável que eles (os tais colegas) não consultem este blog, mesmo assim quero dizer-lhes que já são suficientemente crescidos e serão capazes de mudar as suas atitudes para com os outros, pois nem a Escola nem o mundo lhes pertence, em exclusivo. Devem olhar-se ao espelho e analisar bem o que vêem...chegarão, decerto à conclusão que existem motivos muito maiores para serem alvo de gozo.

Anónimo disse...

O João, que a aparece na repostagem dizendo que foi obrigado, é SÓ um rapaz a precisar de ajuda, pois é demasiado cruel e tem causado grandes problemas a alunos da escola que frequenta. A vida encarregar-se-á de o castigar por todo o mal que faz, já que outros castigos não tem tido.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Reg disse...

Enquanto a identidade do bully não for revelada, ou seja, se ele permanecer incógnito, sem rosto e sem nome, o estigma será sempre associado à vítima.

É por isso que eu encorajo as vítimas de bullying a revelarem todos os detalhes que conhecem sobre os seus agressores, de forma a que estes sejam expostos e humilhados na praça pública, da mesma forma que procuraram humilhar as suas vítimas.

É uma regra básica da vida: as pessoas só aprendem que uma atitude é incorrecta quando elas próprias são alvo da mesma.

Por isso apelo à aluna que foi vítima que nos dê a identidade (primeiro e último nome) dos bullies.

Muita força e continua, estamos contigo!

Anónimo disse...

tambem vi a reportagem na RTP a uns dias atras.
acho espectacular ver a coragem que a aluna demonstrou ao revelar para frente de uma camara de TV o seu caso de bullying, os meus sinceros parabens.
É triste ver que existe alunos que nem deviam sair de casa. tipo esse joao que diz ter sido obrigado a fazer o blog... acho isso triste...
A parte de ver aqueles dois no final a fazer rap é que foi zero, embora ache a ideia intressante de assuciar o rap ao trabalho. Porque imensas pessoas assuciam o Rap ao crime, vandalismo etc... É bom ver que estao a utilizar o rap para divulgar uma causa, embora ainda muito fracos.
força com o projecto e boa sorte

Zeca disse...

Boas a toda a comunidade..Queria aqui deixar uma sugestao, porque não fazer um forum??
Venho aqui deixar tambem o meu depoimento, sou vítima de bullying desde o secundário, neste momento encontro-me no instituto politécnico de Viana do Castelo a frequentar o terceiro ano de Marketing.
O meu problema tem a haver que os meus colegas gozam com a minha orientação sexual e com o meu nome, chamando-me Zeca Brasileiro os meus caloiros não me respeitam e apalpam-me e dizem-me que eu grite e chame-lhes nomes porcos em quanto me cobrem por tras.
Tou triste =(

A Nossa Turma Fantástica disse...

Olá, eu sou de Braga e gostei muito deste blog, entrem também no nosso blog do mesmo tema:
bullying-bullying123.blogspot.com
Pedimos que deixem comentário.


Dr. Henrique Pereira
Dr. Bruno Fisz

Rodrigo disse...

Já vi casos de bullying acabarem bastante mal, como um colega meu do secundário ter-se suicidado. Só quero com isto dizer que os que hoje praticam bullying serão os inadaptados de amanhã. São meninos que vão aprender à força a serem homens. Tenham juízo e namorem mais!

Rui Faustino disse...

Em meu nome pessoal e em nome da JS Aljustrel, estrutura que represento, envio um agradecimento a todos aqueles que estão envolvidos neste projecto, alunos, alunas, docentes e órgão de gestão. Cada vez mais a nossa sociedade apresenta problemas relativos à violência, isto deve-se a vários factores, nomeadamente a falta de modelos, pois generalizaram-se uma série de comportamentos que são adoptados pelos adolescentes, provocando assim desconforto nas nossas escolas. Ainda que Aljustrel não seja um caso muito dramático no contexto nacional, é necessário fazer com que os pequenos casos que surgem sejam devidamente acompanhados e dissipados. Existem uma série de projectos e de actores da sociedade civil que devem dar resposta a lacunas educativas que os nossos adolescentes apresentam, entenda-se, que a educação não se limita apenas à instrução; existe todo um trabalho paralelo a desenvolver no seio da comunidade, protagonizado por Famílias, Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, Associações, Colectividades, Clubes Desportivos, Instituições Religiosas, entre outros.
É urgente educar Cidadãos e Cidadãs, pessoas conscientes dos seus direitos e dos seus deveres, capazes de saber discernir que a sua liberdade termina onde começa a liberdade do outro. O vosso trabalho é um bom exemplo a seguir pela sociedade… mais uma vez vos felicito pela iniciativa, na promessa de divulgar junto dos meus contactos o vosso nobre blog. Muitos parabéns!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Eu acho que vcs tem que continuar com este projeto porque e muito interessante eu sofro bastante com isso e varias outras pessoas sofrem com isso BOA SORTE com esse projeto bjssss!!!!!

Anónimo disse...

Eu acho que quem pratica o bullyng é um baita de um palhaço.....retardado...e que sofre das idéia...que nunca foi feliz na vida e por isso inferniza a vida dos outros.Se acha mais que o outro mais não desconfia que é uma grande merda!!Adorei este Blog e espero que os burros que praticam o bullyng veja este site!!!